pre=sal2Artigo muito bem escrito sobre os riscos ambientais mal dimensionados decorrentes da exploração de petróleo no pré-sal.

Mais que discurso político progressista ou simples crítica à participação de capital estrangeiro na instalação do campo de Libra, a sociedade merece receber informações precisas a respeito de quais providências estão sendo tomadas para contornar possíveis situações de vazamento e acidentes.

Até porque, uma iniciativa deste porte não pode deixar de lado nossa maior riqueza como nação que é, sem dúvida, o singular patrimônio ambiental que ainda possuímos. Protegê-lo é dever expresso constitucionalmente e deve balizar todas as decisões econômicas, públicas ou privadas.

Gostaríamos de ouvir a opinião de vocês sobre o tema.

Para ler clique em: http://www.miti.com.br/ce2/?a=noticia&nv=fvalTXqo8baZ9QWnb4ZKlQ